segunda-feira, 6 de junho de 2011

Exercício VI

Uma sessão nostalgia. Não para mim, pois, nessa época, com 10 anos de idade, nem sequer suspeitava da existência do xadrez, mas para todos aqueles que já então apreciavam essa nobre arte aqui em Porto Alegre. A posição desse exercício foi tirada de uma partida jogada em 1998 em um dos antigos torneios realizados pelo Baldini nos Caixeiros Viajantes. Chegou-se a elaborar até mesmo livros dos torneios com todas as partidas, alguma delas analisadas e comentadas- foi de um desses livros, fornecido pelo Fillipon, que tirei essa posição.


Cláudio Silveira x Nelson Fillipon
Porto Alegre, 1998

Nessa oportunidade se enfretavam Claudio Silveira e Nelson Fillipon e um final muito complicado apareceu no tabuleiro. Jogam as negras para vencer. Qual seria o plano (finíssimo!) da vitória? façam seus cálculos e suas apostas.


5 comentários:

  1. Não me ative muito aos detalhes, mas me parece que 1. ..., h4! 2. gxh4, T6f3+ 3. Rg4 Tf4+ 4. Rg3 (ou 4. Rh3) Rh5! ameaçando T4f3++, e não tem defesa satisfatória, pois se 5. Dd1+ g4! (renovando a ameaça) 6. Dc5+ Tf5 (ameaça a Dama e continua ameaçando o mate) e as pretas ganham.

    ResponderExcluir
  2. O que incomoda depois de 1. ... h4 acredito que seja 2. Rg4, que obriga o preto a defender g5. Que tu acha, Gazola?

    ResponderExcluir
  3. Bah, é verdade. Me veio esse pensamento ontem de noite quando tava indo dormir, haha. Vi que não era forçado tomar em h4. Vou tentar encontrar outra solução.

    ResponderExcluir
  4. Elisandro Pimenta, Thiago Silva e Willian Ramos13 de junho de 2011 19:41

    Depois de horas meditando e, confesso, com a ajuda de mais 2 amigos, chegamos a seguinte conclusão: 1... Te2 e as brancas são forçadas a segurar a casa h2 e impedir g4 para evitar o mate, portanto o único lance que lhes resta é 2. a4 Tb6 3. a5 (o avanço do peão é praticamente forçado) ...Tf6, 3. a6 Txa6, 4. Dh1 (sonhando com xeque em c6) ...Tc2 5. Dg1 Te6 e a dama fica sem movimentos, 6. g4 Tc3+ 7. Rg2 Te2+ 8. Rf1 Tb2 (impedindo Db6+) e as brancas tem que entregar a dama para evitar o mate.

    ResponderExcluir
  5. Olá, lembro da partida, estive presente! Eram bons os torneios do Baldini, bem organizados, pena que pouca gente participava. Neste final, ainda com esse mesmo material no tabuleiro, o Claudio solicitou empate (pela sempre nebulosa 'regra dos dois minutos'). Perdeu na seta, e o comitê não deu o empate. Abraço!

    ResponderExcluir